Arquivo de outubro, 2012

PEDIDO DE PERDÃO

domingo, outubro 28th, 2012

Autor desconhecido.

Hoje acordei com imensa vontade de pedir-lhe perdão. E é por esse motivo que venho aqui mais uma vez. Perdão pelas vezes em que lhe deixei embaraçado, pelas vezes nas quais fui dura com minhas palavras, pelas vezes em que fui repetitiva, por ter tirado sua paz com meus ciúmes (ainda que tivessem fundamento), por ter entrado em sua vida mais do que você queria. Perdão pelas vezes em que fui exigente, chata e controladora Perdão por tudo que fiz de errado e não tomei consciência.

Arrependo-me de muitas coisas, inclusive de não ter saído de sua vida antes. Importa-me que me arrependo das muitas atitudes que certamente contribuíram para isso, e peço-lhe que me perdoe. Só não me arrependo de ter-lhe amado. Eu quis muito ser sua mulher, viver ao seu lado pelo resto da vida e ser muito amada. Sonhei muito com seu amor, mas isso não me dava nenhum direito de agir mal em algumas situações. Perdoe-me, meu dileto amigo, por ter-lhe imposto minha presença em alguns ambientes sociais. Atropelei nosso processo amoroso com intempestiva ansiedade de ser assumida como sua companheira. Estou profundamente arrependida.

Você traiu minha confiança, no entanto tal incidente não me dava o direito de fazer algo parecido. Minhas atitudes erradas foram todas movidas pelo meu ciúme que era consequência indiscutível de não me sentir amada. De certo modo isso explica, claro, mas não justifica minhas ações intoleráveis. Perdão! perdão! Perdão!

Sinto muita falta e saudade de nossas conversas, de sua companhia, dos nossos chás, das manhãs de domingo, de cuidar de você, de estar ao seu lado vendo tv, de seu cheiro, de seu beijo, de fazer amor, de dormir abraçada, dos seus olhos azuis; apesar disso não estou aqui para pedir sua volta, mas simplesmente seu perdão; por minha insegurança fiquei sem seu carinho, sua amizade e sua confiança. Ah! Se eu pudesse, voltaria no tempo e faria muitas coisas diferentes, teria mais paciência com nós dois. Evidentemente agi de forma grotesca e ao mesmo tempo muito infantil.

Agradeço-lhe sinceramente o que vivi com você, de ter gozado de sua intimidade, de ter recebido tantas coisas boas. Aprendi muito… Bela escola! Obrigada de coração por ter tido todas as benécias de nosso amor! Desejo que seja feliz, muito feliz! A mulher que escolher para ser sua companheira será também muito feliz porque você é um homem bondoso, sábio, bom caráter, inteligente, amoroso, gentil, companheiro, sério, honesto e saberá ser fiel quando assim escolher. Lamento muito não ser essa mulher. Mas vou guardar com muita seriedade todo o amor que tenho e que ainda sinto por você, num lugar muito especial do coração. E quem sabe um dia você possa olhar para nosso amor, ainda que distante, com perdão e carinho.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: