VISÃO GLOBAL

terça-feira, outubro 13th, 2015

AMANHA É O DIA DO PAPAI

sábado, agosto 8th, 2015


AMANHÃ É O DIA DO PAPAI

Quando eu era criança meu pai me embalava nos braços como se eu fosse o maior troféu de sua vida. Sua barba crescida arranhava-me o rosto e eu me encolhia arrepiado, mas mesmo assim eu queria estar em seus braços o tempo todo. De onde viesse sempre me trazia alguma coisa de que criança gosta, como uma balinha, um pirulito ou algo parecido. Devido a isso havia ciúme por parte de meus irmãos, contudo eles me tinham como o irmão mais querido e continua até os dias de hoje. Eu sou um homem feliz!

Eu não me esqueci do meu tempo de menino, nem das broas de Dona Cota, nem do aluá vendido na feira em garrafinha. Até que gostaria que meu pai ainda estivesse vivo para eu continuar sendo aquele filho por quem fazia de tudo para agradar-me. O tempo se foi e com ele, meu pai. Mas eu ainda estou aqui e queria tê-lo de volta com o mesmo carinho de antigamente. Infelizmente, não mais posso tê-lo, em virtude do imperativo da Lei.

Hoje, eu sou adulto, cresci, passei a ser pai e agora sou avô. Estou vivendo um homem de cabelos grisalhos com apelido de idoso. Sempre tenho neto perto de mim. Nos shoppings faço farras terríveis com eles, e os presenteio com lembrancinhas de gente pequena nas datas de seu aniversário.

Eu também sinto necessidade de estar com eles. Creio que meu inesquecível pai gostaria de brincar com os filhos, netos e bisneto, e com eles farrear, praticando as mais diversas peraltices do mundo dos inocentes como faço eu agora.

Ser um príncipe é muito fácil. É só nascer de novo! Cada família tem seus príncipes e suas princesas. O meu principado foi cheio de amor, de ternura e carinho. Vivi intensamente essa fase no seio de meus irmãos. Não tenho inveja dos príncipes da Inglaterra. Eu só teria tido esse desgosto se tivesse nascido sem uma estrutura familiar. Eu costumo dizer que aquele que não tem berço não tem endereço. Não tem endereço porque não tem família, não tem origem, não teve quem lhe ensinasse a oração da noite e a do amanhecer; não teve quem o olhasse ou o aquecesse nas noites de frio e lhe cantasse uma música para dormir e sonhar como me faziam minha mãe e meu pai.

Eu não esqueci meu papai! Nunca o esquecerei! Se um dia voltarmos como simples irmãos, ser-nos-emos fiéis escudeiros em defesa um do outro e de todos aqueles que mais uma vez se nos apresentam como filhos, netos, bisnetos, genros e noras. Seremos sem dúvida novos reis e teremos novos príncipes e princesas em mais uma das muitas etapas da vida. É assim o trabalho de Deus: o amor ao próximo está acima de todas as coisas.

A vida numa família bem orientada pelo Evangelho de Cristo é como uma árvore que tem frutos e folhagem; não só protege do sol e da chuva como também disciplina, mostrando o caminho a verdade e a vida. E os pais, que ordenam tudo, são os únicos responsáveis por uma família bem sucedida.

Eu sinto muito a falta de meu pai! Está impregnado no meu olfato o cheiro de suas vestes, aquele aroma dele que só mesmo um filho conhece muito bem. Sinto suas mãos calejadas tocando as minhas, e suas unhas cheias de sujo da labuta que tinha no dia-a-dia.

O castelo onde nascemos e crescemos, não mais existe! O tempo, a chuva e sol destruíram-no impiedosamente. Só tenho as fotos da imaginação. Nelas vejo um homem sem ouro e sem prata esmerilando diamante nas palmas das mãos ressecadas pelo cabo da foice e do machado; o prazer do velho artesão só aparece mais tarde logo após longos e tenebrosos anos de árduo trabalho; as joias de inestimável valor espiritual por ele trabalhadas estão prontas para debutar. Deus coloca em nossas mãos as pedras brutas e nós as polimos para lhas devolver purificadas e divinas. É missão de muita responsabilidade ser pai.

Pai, você cuidou de mim, teve paciência nas horas de que mais eu precisava. Nos momentos de turbulência, pelos quais passa uma família de nove filhos, soube falar duro e áspero na hora certa; disse – com maestria – palavras doces e cheias de amor quando delas toda a família dependia. Ademais, na hora do catecismo orávamos juntos e a prece imaculada equilibrava nossos corações, nossas mentes e só você era o professor, o mestre e o pastor incansável para tocar o rebanho para o lado contrário dos predadores de plantão.

Ó Deus, poli melhor meu papai, pois foi ele quem me poliu durante toda sua estada aqui na terra. Deixou-me bem melhor. Não tenho dúvida. Creio que ele cansou, mas não desistiu do projeto de Deus. Colocou-o em prática e devido ser submetido a tanto sacrifício, envelheceu, ficou doente e partiu. Voltou à casa paterna e não sei quando haverá de voltar. Não retornará, dizem alguns, não obstante eu sei que dentro em breve ele estará de volta – quiçá já voltou – para dar continuidade à sua evolução espiritual.

Esse mundo é uma grande universidade. Nele só crescerão os que se propuserem a estudar. Estudar é cuidar de si próprio, é analisar as perspectivas de crescimento dentro do contexto vida.

Meu pai me fez homem e cidadão honrado; ele continua orientando-me assaz! E ele está vivo! Não existe morte! Nesse dia consagrado aos pais, louvo a Deus por tudo que ele fez por mim, pois com ele meu coração sempre esteve cheio de brandura e sensatez. Adrede, aceite minha homenagem ao seu dia aqui na terra! Deus o abençoe, Deus seja louvado!

O DIA DOS NAMORADOS

sábado, junho 13th, 2015

 

Os passos largos, pelos shoppings, procura-se um presente e termina-se sem saber com que essa bela criatura mais se emocionaria. Com um sapato, um perfume, um passeio? Seriam, sem dúvidas, belas opções. Quero crer que nesta data qualquer lembrança seria importante. Até um cartão com uma mensagem lembrando alguns de nossos reais e inesquecíveis momentos, sortiria efeito. Sabe-se que há quem não dispense um presente no dia dos namorados. Então, tem-se mesmo de dar nem que seja a mais simples de todas as lembranças.

Beijos acabam-se tornando coisas comuns entre os namorados. O beijo é o alimento número um dos que se amam. Como terá sido para ela a emoção do primeiro beijo? De minha parte confesso que nunca o esqueci. Foi um beijo daqueles que se lê nos olhos do outro a expressão: eu também quero! O coração dispara e a sensação é algo inimaginável. O toque, no segurar das mãos carinhosamente, ocasiona um choque térmico e frio. As mãos se condensam, suam e acontece o que os dois mais queriam: o beijo! Aquele que faz o corpo estremecer, os neurônios explodirem como pipoca e uma loucura gostosa toma conta do ambiente e do casal. Não se dá conta de ninguém em volta, não importa quem esteja olhando. Certamente, os que veem tal cena gostariam também de passar por esse mesmo estado de êxtase profundo. A gente esmorece, fica-se fraquinho! Tão frágil quanto uma folha de cebola! Repetir é tudo que os dois querem, e o segundo beijo é bem mais demorado. A partir de então a vida dos dois passa a ser uma odisseia.

O dia de hoje leva os casais a passeios, jantares, motéis e até às mais distantes praias do litoral. Muitos estão vivendo esse período de felicidade em que ambos comungam com os mesmos desejos. E fazem juras de amor eterno. Bom seria que essa felicidade não se acabasse. Infelizmente tem fim. Nunca se é feliz por toda vida. A felicidade é feita de momentos que não se pode deixar passar. Aproveitar tudo de bom que possa acontecer entre os dois é fator de inteligência rara. Poucas são as pessoas que aproveitam as oportunidades para ser felizes.

O amor é um sentimento gostoso em que os dois se sentem amparados pelos mesmos objetivos. O sonho dos namorados é estar juntos por muito tempo. A felicidade está dentro de cada um. Há quem consiga estimular esse sentimento de um jeito tão especial que o outro não consegue mais ficar distante. É um sonho tão lindo e tão envolvente que os deixa sem chão. Essa pessoa é misteriosa porque consegue mudar muitas coisas em nossa vida. Chega um momento em que se encontram, e, num toque mágico, sentem-se atraídos. Essa atração para funcionar não pode ser com qualquer um. A pessoa que nos encanta tem segredos e mistérios. Só ela é capaz de mexer com nossa estrutura ao ponto de nos deixar meio enlouquecido. O amor para ser amor, tem que deixar o outro avariado. Às vezes, não tem vontade de comer, não dorme direito e casos há em que viaja milhares de km para encontrar-se com esse bem amado.

Que coisa linda é o amor! O amor é tudo isso de que já se falou e muito mais. Quando não se consegue viver sem o outro a solução é morar juntos imediatamente. Mas há algumas complicações inesperadas. Mesmo assim, vale a pena amar e ser amado nem que seja por poucos minutos; nunca desperdice a companhia de uma pessoa que lhe quer bem. Amar é respeitar, admirar, ser cúmplice, fiel e estar presente em quaisquer circunstâncias; falar de todo coração que sem o outro a vida não tem sentindo. O amor é nada mais nada menos do que companheirismo.

Aproveite essa data e sinta-se amado de verdade com a pessoa que escolheu para esse fim. Não brigue com ela. Quando se ama de verdade não haverá motivo para desentendimento. É uma burrice que não tem tamanho brigar com a pessoa que queremos bem, e, num dia como hoje principalmente.

Encontrada essa beleza que é o mistério do amor em meio a jardins floridos e perfumados, por que, então, não conservá-la enquanto dure?

Se soubesse que ser feliz é um estado de espírito, saberia também como lidar com tudo que está em sua volta para melhor harmonia do casal. Viva tudo isso hoje com intensidade, não deixe nada para amanhã.

31 December, 2014 11:15

quarta-feira, dezembro 31st, 2014

ANO NOVO – 2015

A porta ainda está fechada e a fila é quilométrica… Milhares de milhões de pessoas estão esperando que o portão se abra. Quando essa porta se abrir o mundo inteiro aplaudirá a chegada de 2015. Na verdade faltam poucas horas para isso acontecer. Os corações estão batendo mais fortes porque as esperanças de coisas novas na vida de cada um são iminentes. Tristezas e alegrias são companheiras inseparáveis de todos nós. Se as alegrias são bem vindas, as tristezas vêm para trazer um pouco de reflexão. O ano que está começando não deve ser diferente do anterior, mas pedimos sempre que nos aconteçam coisas boas e saudáveis, como sucesso na vida profissional, passar numa prova de vestibular ou de concurso. As mulheres sonham em ter um namorado, um esposo, enfim, uma vida nova cheia de glória; os homens, quase sempre, preferem pedir um bom emprego. Eu, sinceramente, não peço muito! Peço pouco mesmo, como por exemplo, saúde, sossego e o alimento espiritual.

Meus amigos, não deixem de pedir. Peçam, mas peçam mesmo, se não derem, não foi por não pedirem. É assim que diz Edir Macedo aos seus pastores. Um famoso adágio popular diz, na íntegra, que quem não pede Deus não ouve. Sim, isso é evidente que se não manifestarmos oralmente nossas reivindicações, ninguém saberá se precisamos de algo. Deus sabe tudo de que precisamos nem é preciso falar nada… Ele nos ama demais e estará sempre ao nosso lado sejamos bons ou maus.

Mal terminamos o ano, milhares de projetos estão em nossa mente. Cada um com perspectiva de sucesso absoluto. Só achamos que merecemos tudo de bom e de glorioso. Deus, em sua sabedoria santificada, sabe o de que precisamos e só recebemos o que merecemos realmente. Não adianta chorarmos senão temos a glória do universo. Dizem que um dia todos nós seremos santos. Vamos trabalhar… Vamos trabalhar… Trabalhar num esforço hercúleo é seguir os ensinamentos do Mestre. Agindo assim chegaremos lá nas primeiras horas de um amanhecer que somente nós sabemos como fazer.

O amanhecer do dia 1º de janeiro de 2015 não é diferente dos outros, mas seremos nós, que através de mudanças profundas, estaremos modificados e conscientes do homem novo que seremos. Que nasça em nossos corações o segredo de novos procedimentos, de novas ações e novas atitudes. O caminho que nos leva a colher os frutos da árvore que plantamos, não será o mesmo pelo qual passamos em 2014. O homem precisa ser perspicaz. Não podemos continuar praticando os mesmos erros porque senão assim não veremos o sol nascer banhado de ouro e a lua de grinalda prateada, mergulhar no oceano em busca de príncipe encantado. Nossa princesa ou príncipe encantado serão alcançados quando nos curvarmos diante do Senhor nosso Deus e dissermos solilóquios: Amém! Digamos muitas vezes amém por tudo que pensarmos ou fizermos no intuito das boas ações diante da sociedade em que vivemos. Se nós somos sua imagem e semelhança, ajamos como representante legal de nosso Deus já que Ele nos dá o pão da vida todas as vezes que nos tornamos também Deus.

Acordemos, pois, para recomeçarmos tudo de outra forma, de outro jeito, usando uma ferramenta modificadora que no final de 2015 o resultado será bem melhor do que o que tivemos em 2014. Cuidemos de nós mesmos com piedade e humildade que lá chegaremos dispostos, sorridentes e envaidecidos porque a mão do Mestre Jesus nos poupou assaz. Deus, todo poderoso, cuida de toda a humanidade, não deixe que ela pereça nas chamas do desamor, da ingratidão e do orgulho. Que assim seja durante todo o ano de 2015. AMÉM!

Abraços

Luiz

NATAL

segunda-feira, dezembro 22nd, 2014

Luiz Alpiano Viana Alpiano

Acorde, não se vive só de sonho!

A realidade é que o PT, mais uma vez, assume a Presidência da República. Não se pode conquistar nada na marra! Existem, nos países democráticos como o Brasil, Leis que regulamentam a vida de cada pessoa. Não houve perda nessas eleições, porém, ganho de ação democrática, porque as Leis recomendam respeito à vontade da maioria.

Chupe um sorvete e fique frio! Não adianta chorar nem espernear. Acolha o resultado das urnas já que foi a maioria que decidiu! Espere e trabalhe com afinco que o sucesso e a alegria virão. Aprenda que a vida é esse círculo vicioso: Ora em baixo, ora em cima; um chora outro ri; um nasce outro morre; um com fome outro de barriga cheia; um rico outro pobre, um mora numa cobertura outro debaixo do viaduto; APRENDA: QUEM AINDA NÃO FOI UM DIA SERÁ! E ISSO SERVE PARA AS COISAS BOAS OU RUINS! O CRESCIMENTO DO HOMEM ESTÁ CONSUBSTANCIADO NESSE VAI-E-VEM. Tudo isso está escrito nas BEM-AVENTURANÇAS.

Lembre-se: O NATAL está aí e logo mais o início de novo ano também. Nas horas de instabilidade ore, não só por você, mas também pelos seus inimigos. Se seguir a orientação de Jesus será recompensado. Não guarde rancor de ninguém. Se assim agir está preparando sua mesa para um Natal cheio de esperança, de paz e de glória. Esqueça as coisas fúteis pelas quais passou durante o ano, como as excitações da campanha eleitoral. Seja um cidadão na verdadeira acepção da palavra. Seja prudente, inteligente e queira saber mais como amar o próximo.

Aqui ninguém está fazendo turismo. Busca-se, simplesmente, crescimento espiritual. Só isso! Jesus o quer de volta não como veio, não obstante como um homem novo em todos os aspectos. NÃO AME A MAMON, MAS, A DEUS!

UM POUCO DE MIM

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

Olhe nos meus olhos que encontrará o que procura! Sinto-me com o coração cheio de ternura, mas não me abrace com os braços que marcaram nossa desventura.

Se prestar a atenção e me tocar como antes fizera, não terá desculpa a dar-me, nobre donzela! Destarte, eu aceito suas fantasias, embora eu saiba que são apenas por uma temporada.

Augusto o pecado que, no meio da noite, descortina o sonho de quem chora por uma cegueira, atitude que cresce à noite inteira, que desvirgina as flores do agreste que se polinizam com vigor crescente.

São belas as morenas que vêm de onde eu vim que me olham como se eu fosse um gringo que não cultiva flores e se contenta com qualquer floresinha!

Só você me vir em arrepios, fique comigo nas manhãs de domingo para eu não ficar sozinho!

Preparam-se momentos de alegria que outrora eram coloridos pela ação de minha juventude que mal acordou já dormia.

Dissipam-se as tempestades de areia que atrasam a chegada ao oásis da esperança. É como se o diserto só fosse frio e o calor nunca aquecesse a lua de meu pranto.

Se você a minha vida induz, creia que os distúrbios da velhice cessam quando a última noite aparece e não se repete que viola assaz o meu canto!

saudade

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

Eu só queria saber onde está você…

Abraços

Luiz

A BELEZA DAS FLORES

terça-feira, setembro 23rd, 2014

Atrás dessa pequena flor tinha uma garotinha de mais ou menos seis anos de idade. Impulsionada pelo vento de primavera, a flor rolava na calçada de meu prédio. Aquela pequena criatura – acompanhada de sua mãe – não conseguia pegá-la. O vento parecia zombar de seus esforços, jogava a flor para todos os lados da calçada. Vendo aquele sacrifício, e cheio de vontade de ajudar como me ensinaram meus pais, alcancei a flor de catharanthus roseus, perseguida pela criança. Mas, quando a apanhei, num gesto aparentemente de medo, ela correu e acompanhou a senhora com quem andava. Parecia assustada! Olhava para traz de vez em quando como se tivesse perdido uma coisa muito valiosa, mas eu queria devolver-lha! Não houve como fazê-lo mais, pois mãe e filha dobraram a esquina da Rua Visconde do Rio Branco. Entrei no prédio onde resido com uma sensação desagradabilíssima de não ter dado a rosa para aquela garota. Olhei-a calmamente. Pu-la sobre a mesa, e, num clique fotografei-a.

O que será que uma criança vê numa flor? Há de se pensar que ambas são puras, imaculadas. Essa, pela beleza de seu formato e cores variadas, é admirada por todas as pessoas sensíveis; aquela, pela singeleza e simplicidade do ser, é tida como o símbolo de Jesus, que sem dúvida não se discute sua pureza.

Ah! Que as flores falassem! Se elas falassem, ouvir-se-iam lindos poemas de amor, declaração de pura intimidade, poesias dos mais variados estilos e juras de amor eterno para todos os séculos e séculos! As flores não falam, mas são vivas, sensíveis e, emudecidas, guardam segredos invioláveis.

Se eu não fosse pai, possivelmente, pouca importância teria dado àquele quadro de tão rara beleza. Emocionei-me e decidi escrever alguma coisa que falasse de crianças; não só das de tenra idade, mas também daquelas que já viveram muito. Qualquer pessoa se emociona com episódios como o de uma flor rolando numa calçada e outra correndo para alcançá-la.

Quando se olha nos olhos de uma criança veem-se diferentes filosofias e fazem-se variadas interpretações no contexto da existência humana. Quando ela sorrir, expõe um conjunto de belezas que para muitos não passa de um sorriso, contundo, para outros, e principalmente para a mãe, é uma linguagem beatífica. As mães são criaturas privilegiadas nesse aspecto, pois da criança elas colhem toda uma leitura de sentimentos jamais vividos por outras pessoas. As mães aprendem valiosas lições com o bebê no colo. E com as rosas a diferença está no silêncio porque elas não falam, não riem nem choram como nós. As flores têm como meio de comunicação seu formato, suas cores e seu perfume. Mas a criança vive tão pertinho de Deus que só admira as coisas do céu. E note-se que ela chegou de lá recentemente. As lembranças do céu são tão aguçadas que – em alguns momentos – conversa sozinha com os seus amiguinhos que ficaram do outro lado. Os pais pensam que as crianças estão simplesmente brincando de boneca; na verdade elas não estão a sós; e conversam mesmo com seus parentes de outro plano.

As flores e as rosas são uma extensão das coisas divinas. Por que Deus as criou tão lindas e maravilhosas? Ele, O Mestre, sabia que para a terra iria enviar outros seres que com os quais casariam a simplicidade e a pureza de espírito. Não é a toa que as crianças se identificam com a natureza. E esses irmãozinhos, das mais variadas idades e pureza ilibada, são os chamados pobres de espíritos que se sensibilizam com as flores e querem-nas para si sempre.

EU TENHO MEDO

terça-feira, setembro 9th, 2014

EU TENHO MEDO DE ALMA!
PRINCIPALMENTE DA QUE ME AMEDRONTA!
EU TENHO MEDO…

BEM, EU TENHO MEDO! MEDO MESMO!
AH! MEDO DE ALMA QUE ME AMEAÇA.

E DAQUELA FEIA, SEM OLHOS E SEM JAÇA,
SEM CABELO E SEM A BELEZA FÍSICA NÃO TENHO MUITO MEDO.

EU TENHO MEDO DE ALMA VIVA QUE ME AMEDRONTA.
DESSAS SIM, EU TENHO MEDO PORQUE ELAS AINDA FALAM,
XINGAM E ME APRONTAM SEVERAS LESÕES MORAIS.

EU TENHO MEDO DE TER MEDO
QUANDO PENSO QUE NADA ME FAZ MEDO!

COMO PENSO

segunda-feira, setembro 1st, 2014

%d blogueiros gostam disto: